Horários de Atendimento: Secretaria e Tesouraria - 10 horas às 17 horas - Presidência - 11 horas às 18 horas.

Rua José Bonifácio n.º 66  - Curitiba-PR | CEP 80.020-130

assedepar@gmail.com

☏ (41) 98500-6066

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube ícone social

Sindicontas-PR se une a entidades para lutar pelos 2,76%

   A diretoria do Sindicontas-PR, representada na pessoa do presidente Wanderlei Wormsbecker, esteve hoje reunida com diversas entidades sindicais e associativas do Legislativo, Judiciário e mais APP Sindicato. Foi definido que vamos trabalhar em conjunto com os deputados pelos aumento de 2,76%.

   Na próxima segunda-feira, 2 de julho, às 14h00, representantes das entidades irão se reunir com deputados na sala da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná.

   “A ideia é pressionar ao máximo os deputados”, explica Wormsbecker.

   As entidades elaboraram em conjunto um Manifesto, que será entregue aos parlamentarese na reunião e divulgado na grande imprensa. Confira, abaixo, o teor do documento:

 

Manifesto das Entidades Representativas acerca da Data-Base 2018: 

“Em defesa do serviço público, nenhum direito a menos”

 

   Nós, representantes das entidades abaixo subscritoras, vimos a público manifestar nossa posição com relação à iniciativa da Governadora do Estado, Maria Aparecida Borghetti,  ao enviar  projeto de lei à Assembleia Legislativa do Paraná que propõe reposição de apenas 1% (um por cento) para os salários dos servidores públicos estaduais do Poder Executivo, e solicitação para que os demais poderes (Judiciário e Legislativo) e também Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas acompanhem o mesmo índice.

   Enfatizamos que não aceitaremos nada menos do que uma reposição salarial de 2,76% (dois e setenta e seis por cento), índice que corresponde à inflação de um ano (maio/2017 a abril/ 2018), e discordamos da afirmação do governo do Estado de que o referido índice “colocaria em risco o respeito ao teto de gastos exigido pelo governo federal”.

   Os números disponíveis no portal da transparência da SEFA (Secretaria da Fazenda do Estado) demonstram que existem recursos para garantir esse direito previsto em lei aos servidores, não havendo justificativa plausível para a não concessão do índice.

   Nossa ação seguirá sendo coordenada e pautada pela defesa do Serviço Público e dos direitos dos servidores de todo o Estado e de todos os poderes. Igualdade de tratamento; nenhum direito a menos!

 

Assinam este manifesto:

SINDIJUS-PR

ANACOMP

ASSEMPPR

SINDMP

FENAMP

FENAJUD

SINDICONTAS-PR

ASSEDEPAR

SINDAFEP

FENASTC

PÚBLICA-PR - Central Sindical

 

 

 

Please reload

Fale Conosco: