Horários de Atendimento: Secretaria e Tesouraria - 10 horas às 17 horas - Presidência - 11 horas às 18 horas.

Rua José Bonifácio n.º 66  - Curitiba-PR | CEP 80.020-130

assedepar@gmail.com

☏ (41) 98500-6066

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube ícone social

Defensoria Pública em Guarapuava desenvolve Projeto Lei Maria Da Penha nas Escolas

    Em 24 de agosto de 2018 aconteceu a primeira reunião com os Professores (as) da Escola Luiza Pawlina do Amaral – Residencial 2000, primeira escola a receber o Projeto Lei Maria da Penha na Escola (LMPE) desenvolvido pela Rede de Enfrentamento a Violência contra a Mulher do município em parceria com a Defensoria Pública do Paraná, sede Guarapuava.

    Este projeto tem por objetivo debater a temática “Violência Contra a Mulher” com professores e professoras, familiares, alunos e alunas do Ensino Fundamental I do município de Guarapuava e são ações alusivas ao mês de promulgação da Lei Maria Penha.

    Participaram, aproximadamente, 30 pessoas. No evento, que aconteceu no período vespertino, a roda de conversa tratou sobre a questão da Violência Contra a Mulher e onde podem ser encontrados os serviços de atendimento as mulheres em situação de violência.

    Muitos questionamentos foram levantados no sentido da eficácia da denúncia e do apoio a mulher que deseja romper com o ciclo da violência. Para isso, foi esclarecido que existe uma Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher em Guarapuava, da qual a Defensoria Pública faz parte através da Assistente Social do CAM, representado por mim, Adriele Inacio. O CAM participa mensalmente das reuniões e contribuem com a rede na perspectiva da Educação em Direitos Humanos. Para nós, a educação tem um papel fundamental na questão do combate a violência “trabalhar com a escola é também pensar nas mudanças futuras sobre comportamentos violentos, fazer a denúncia é necessário, mas superar o machismo é fundamental”.

    O projeto tem caráter contínuo, mensalmente serão trabalhados com os públicos de familiares e alunos. E ao final pretende-se apresentar um trabalho que os alunos (as) desenvolvam sobre a temática do projeto.

 

 

 

Please reload

Fale Conosco: